quarta-feira, 29 de outubro de 2008

O cubo.

Nada de exaltações! Os malditos Hollywoodianos não estão planejando a nova versão cinematográfica do Super Hiper Mega Ultra Cubo. Estou falando do simples quebra-cabeça que contém as cores primárias e secundárias que todos adoramos. Lembro-me como se fosse ontem, quando sussurrei no ouvido daquele professor de arquitetura - qual era mesmo o nome dele.... Ah sim Erño Rubik - que gostaria que ele criasse um enigma insolucionável para os seres humanos de ideais fracos. Daí então surgiu o famoso "Devil's Cube" "Rubik's Cube", chamado por aqui de Cubo Mágico.

Por questões políticas não quis incluir meu nome no brinquedo, que no ano de 1980 ganhou o prêmio de jogo do ano na Alemanha. Lógico que eu não deixaria de incluir no contrato que o sr. Rubik assinou a vantagem para minha nobre pessoa de ganhar os Royalties da invenção, estes que são abatidos dos mais de 300.000.000 objetos vendidos.

Creio que não preciso explicar para nenhum de vocês do que se trata o jogo, correto? Mas não poderia deixar de dialogar que a média de permutas existentes nele seguem o seguinte cálculo:

43,252,003,274,489,856,000 (4.3×1019) para 88,580,102,706,155,225,088,000 (8.9×1022).

Com isso, se tem a quantidade de 519,024,039,293,878,272,724 ou 519 quinquilhões (em uma pequena escala) de possiveis posicionamentos das peças que formam o Cubo, mas somente uma em doze dessas são possíveis de solução. A questão não é a dica para resolver essa encruzilhada do demo, mas a divulgação de um NOVO CUBO! Essa nova versão se apresenta como a variante mutante do clássico jogo, na qual existem quadrados disformes que integram todo o quebra-cabeça, observem a comparação do original (a esquerda) com o novo (a direita):



Além da disformidade dos quadrados, o novo modelo é todo revestido de uma película espelhada, não mais facilitando aos antigos jogadores, que tinham as cores como base lógica para o caminho da solução.

O novo quebra-cabeça será lançado no Japão nas próximas semanas, custando a bagatela de ¥2079 (aproximadamente 41 reais), porém, nada se falou do envio de remessas para o continente americano. Se você quiser testar sua persuasão e convencer o novo designer, Hidetoshi Takeji, para enviar uma amostra para vocês, sejam bem vindos. No final das contas, possivelmente pela importação você poderá adquirir o modelo desse novo jogo. Agora, será que vale a pena importar algo que você pode morrer tentando resolver?

Foto 01 Foto 02

Alguns ávidos já possuem a nova versão do jogo e o simples raciocínio matemático do anterior não funciona, devidamente, neste ser híbrido:



PS: Lembra do cubo do Hellraiser? Se você consegue solucionar o novo você ganhará uma 'eternidade de prazer'

Fonte: Technabob

Um comentário:

Jorge Saotome disse...

Caracas! Esse novo cubo é macabro!